Igreja e responsabilidade social


Igreja e responsabilidade social: fundamentos e sua necessidade atual

A sociedade atual vive em torno de seu umbigo, a busca de suas próprias realizações e o próximo não é visto, muito menos observado. A busca egocêntrica é fruto do narcisismo que opera no mundo vigente. Mas, isto pode mudar? Sim, pode, através da Igreja Cristã.

O cristianismo possui os princípios ensinados por Jesus, “Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes (01)”, (Marcos 12:30,31).

Amar o próximo é enxergá-lo, observá-lo e ajudá-lo. Não é mais a busca pelas nossas realizações e sim, pela satisfação do outro. Jesus Cristo na parábola do Bom Samaritano transmitiu a essência do Cristianismo, e este é o papel social da Igreja. O sujeito não era membro da Igreja, era alguém desconhecido que fora alvo de saqueadores – da desgraça social – e o bom samaritano não agiu como os que o antecederam, mas com misericórdia o socorreu, o amparou, curou suas feridas e pagou uma estalagem para que o moribundo encontrasse segurança e conforto em seu infortúnio.

Será que a comunidade cristã, a Igreja, está desempenhando seu papel como o bom samaritano? Será que os que fazem parte desta comunidade enxergam os desafortunados que estão necessitando de ajuda? Será que ela sabe quais os fundamentos de sua reponsabilidade social?

Como fundamento da responsabilidade social da Igreja, entende-se que no Reino de Deus, o direito a vida, o alimento, a moradia, a saúde, a escola, enfim, o direito para viver são sinais evidentes do Reino (02). Quando a Igreja entende os princípios ensinados por Jesus em amparar os fracos, atender os necessitados, lutar pela justiça social. Os cristãos estarão promovendo seu testemunho diante do mundo e realizando sua mais original contribuição à coletividade. Pode-se chamar esta ação de evangelismo com a cosmovisão social, mas também, pode-se chamar de diaconia.

Sabe-se que a diaconia é o serviço que socorre as pessoas em suas necessidades concretas. É quando a comunidade – a Igreja – tem os seus olhos e ouvidos para as vítimas da sociedade – para os que foram roubados, enganados, explorados e marginalizados. E o papel da comunidade cristã não é somente dar o socorro, mas colocar-se ao lado dos desvalidos, defendendo-lhes a vida e a causa justa. Quando a Igreja exerce a diaconia, ela coopera para que desventurados vivam a vida, e vencem tudo o que os prejudicam ou os destroem.

A necessidade atual leva a Igreja em empenhar-se na superação eliminação do sofrimento, seja ele espiritual ou material, da cura de doenças físicas e psíquicas, a reconciliação de pessoas, grupos e povos, bem como o combate a fome, ao desemprego, à angústia, à solidão, ao desespero. Jesus deu a Sua vida pelos próximos, e a Igreja, como seguidora de Seus princípios, deve exercer a diaconia e proporcionar a alegria, a realização, à restauração, a cura, o bem-estar, a educação e da saúde integral do indivíduo.

A missão integral da Igreja é amparar o desabrigado, alimentar o miserável, realizar a justiça social ao pobre, aquecer o necessitado, dar alegria ao desprezível, enfim, cumprir o Evangelho integral. Disse Jesus: “Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver (03)”. (Mateus 25:35,36).

Referências Bibliográficas
(01) Marcos 12. Bíblia OnLine. Almeida Corrigida e Revisada Fiel – pt. Acesso em 28 de junho de 2015. Disponível em https://www.bibliaonline.com.br/acf/mc/12
(02) Responsabilidade Social e Cidadania – Unidade I. O Compromisso com o Reino de Deus. Página 8.
(03) Mateus 25. Bíblia OnLine. Almeida Corrigida e Revisada Fiel – pt. Acesso em 28 de junho de 2015. Disponível em https://www.bibliaonline.com.br/acf/mt/25

Autor: Pr Márcio Batista. Texto produzido para uma dissertação sobre o tema Igreja e Responsabilidade Social da disciplina Responsabilidade Social e Cidadania na Integralização do Bacharel de Teologia da Faculdade Refidim de Joinville, SC.



______________________________
É proibido copiar os artigos deste site. A publicação dos artigos aqui postados em outros sites, blogs, impressos, trabalhos acadêmicos, ou  trabalhos científicos devem seguir a regra da ABNT. Copiar deliberadamente na íntegra qualquer conteúdo deste site, implica em crime, previsto no Código Penal. Lei do direito autoral. Todos os direitos reservados a Márcio Batista de Florianópolis, SC, Brasil.

Postagens mais visitadas

Imagem

Vontade de Deus