Cultura brasileira na religião


A importância da valorização dos elementos da cultura brasileira para a missão transformadora da Igreja.

O Brasil tem 17 bens culturais e naturais [1] reconhecidos como Patrimônio Mundial da UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – e uma das maravilhas do mundo moderno, o Cristo Redentor.

O que contribuiu para a cultura brasileira ter uma diversidade foi os indígenas que aqui já habitavam, a vinda dos portugueses e a vinda de diversos povos: europeus, africanos e orientais.

Fazem parte da cultura brasileira: a gastronomia, as artes, a literatura, a música. E segundo o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, os bens culturais de natureza imaterial que constituem patrimônio cultural brasileiro, que também é a religiosidade.

Sabe-se, que desde o Império, a religião oficial [2] foi a Igreja Luso-Católica, que influenciou religiosamente a formação da “identidade nacional”.  No site do IPHAN se percebe imagens da cultura religiosa católica, afro-brasileira e indígena, porém, não há nada que represente os evangélicos.

O que se entende é que os evangélicos não são vistos, existem, mas estão invisíveis. Os evangélicos estão na mídia – pastores com seus programas evangelísticos, cantores, políticos – mas, não valorizam a sua própria cultura.

Embora este “reconhecimento” por parte dos não evangélicos não exista de forma substancial, os evangélicos estão ganhando espaço, na conquista de novos adeptos e este crescimento está chamando a atenção da nação [3].

Quando se fala de cultura brasileira, como cristãos – seguidores de Jesus Cristo – o importar-se por ela gera ainda alguns conflitos. Porque os protestantes que vieram para o Brasil, demonizavam a cultura brasileira e supervalorizam a cultura americana, pois esta é “superior” e “civilizada”, enquanto é “inferior” e “primitiva” [4].

Acredita-se que não são os elementos da cultura brasileira que estão mudando a missão da Igreja, mas sim, a Igreja que está causando também uma mudança. Por exemplo, na cidade de Joinville, SC, os comerciantes de roupas estão investindo em moda evangélica, e nunca se ouviu falar tanto sobre este assunto, como ultimamente.

A música gospel tem conquistado o espaço que antes era da música secular, com a lei que reconhece a música gospel como manifestação cultural [5]. Hoje, grandes gravadoras estão contratando cantores evangélicos, e suas músicas são cantadas em todos os lugares, inclusive, na igreja Luso-Católica.
Segundo a historiadora Karina Kosicki Bellotti, sobre o movimento cultural evangélico, “atualmente vemos um retrato mais positivo, mas ainda longe da sua grande diversidade”.

É difícil para a Igreja enquadrar-se, em parte, na cultura brasileira, ao julgá-la pelas Escrituras Sagradas, pois batem de frente com os princípios por ela ensinados, por exemplo: seitas (politeístas), danças e músicas sensuais, idolatria, etc.. O conselho do apostolo Paulo a Igreja de Romanos é “não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês” [6].

Referencias Bibliográficas
[1] Cultura. Universia – Guia de mobilidade internacional. Estudos realizados no Brasil. Acesso em: 11 de Julho de 2015. Disponível em: http://universidades-iberoamericanas.universia.net/brasil/vivir/cultura.html.
[2] Conforme a Constituição de 1824: “A Religião Catholica (sic) Apostólica Romana continuará a ser a Religião do Império. Todas as outras Religiões serão permitidas com seu culto domestico, ou particular em casas para isso destinadas, sem fórma (sic) alguma exterior do Templo”.
[3] CENSO/IBGE 2010, os evangélicos somam 42.275.440 de seguidores.
[4] ALENCAR, Gedeon. Protestantismo tupiniquim: hipóteses sobre a (não) contribuição evangélica à cultura brasileira. São Paulo: Arte editorial, 2005.
[5] A presidente Dilma Rousseff sancionou lei que considera a música gospel, de matriz religiosa, como uma manifestação cultural. Acesso em: 11 de julho de 2015. Disponível em: http://oglobo.globo.com/brasil/dilma-reconhece-musica-gospel-como-manifestacao-cultural-3626384#ixzz3fdpI0A3C
[6] Romanos 12.2. NTLH. SBB. YouVersion. Acesso em 11 de Julho de 2015. Disponível em https://www.bible.com/pt/bible/211/rom.12.ntlh.

Autor: Pr Márcio Batista. Texto produzido para uma dissertação sobre a disciplina Fenômeno Religioso no Brasil na Integralização do Bacharel de Teologia da Faculdade Refidim de Joinville, SC.



______________________________
É proibido copiar os artigos deste site. A publicação dos artigos aqui postados em outros sites, blogs, impressos, trabalhos acadêmicos, ou  trabalhos científicos devem seguir a regra da ABNT. Copiar deliberadamente na íntegra qualquer conteúdo deste site, implica em crime, previsto no Código Penal. Lei do direito autoral. Todos os direitos reservados a Márcio Batista de Florianópolis, SC, Brasil.

Postagens mais visitadas

Imagem

Produções gratuitas

Imagem

Rádio Evangelismo

Imagem

Vontade de Deus