Consciência Tranquila


"Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo" (1 Coríntios 15:57).

O pirata Gibbs, que foi executado em Nova Iorque, disse: "Quando eu roubei o primeiro navio, minha consciência não me deixou dormir; porém, depois que hasteei a bandeira negra durante anos, eu podia roubar um navio, matar todos os seus passageiros e dormir profundamente."

Assim é com o pecado. O primeiro erro pode nos tirar o sono, nos trazer inquietação e angústia, mas, se não nos arrependemos e continuamos praticando os mesmos erros, acabamos nos acostumando e nos afastando do Senhor cada vez mais.

O alcoólatra começa sempre com uma pequena dose de bebida; o viciado em fumo com um único e despretensioso cigarro; o jogador inveterado com uma rápida partida de baralho; e, assim por diante. O princípio parece insignificante, contudo, seu final é destruidor.

Se queremos uma vida plena e abundante; se almejamos desfrutar sempre das maravilhosas e incontáveis bênçãos do Senhor Jesus; se queremos caminhar pelas estradas eternas da felicidade; devemos nos afastar totalmente do primeiro degrau do pecado.

Quem se acostuma com o ódio não sente falta do amor. Quem anda abraçado com a incredulidade não consegue forças para vislumbrar a fé. Quem se adapta bem à escuridão trata a luz com indiferença. Dar os primeiros passos em direção ao pecado é fácil; difícil é dar os mesmos passos na direção contrária.

Se almejamos ter uma consciência tranquila; se buscamos dias abençoados em qualquer circunstância; se sonhamos encontrar a verdadeira felicidade; então coloquemos nossas vidas no altar de Deus que nos prometeu vitória através de Seu Filho, Jesus Cristo.

Sua consciência tem estado tranquila?

Autor: Paulo Roberto Barbosa

Postagens mais visitadas

Imagem

Produções gratuitas

Imagem

Rádio Evangelismo

Imagem

Vontade de Deus