Ponto de Exclamação


"porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade" (Filipenses 2:13).

"Quando Deus determinar um tempo, não o mude para um ponto de interrogação."

Quem está dirigindo nossas vidas? Quem está determinando o "que" e o "quando" em nossos dias? Se a nossa resposta for vacilante ou se for apenas "nós mesmos" então estamos com problemas espirituais. O Senhor é quem deve traçar nossos caminhos, guiar-nos conforme Sua vontade, receber o "sim, Senhor" em todos os momentos e circunstâncias.

Quando o Senhor nos diz: "Ame ao próximo", não devemos acrescentar "não seria apenas os que nos fazem bem?" Quando Cristo nos orienta: "Não temas, crê somente", não devemos pensar em "e as lutas e dificuldades?" Quando Ele nos manda: "Ide e pregai", não devemos questionar com um " como ir, se não sei falar bonito?" E, se a Palavra de Deus nos diz: "O tempo é agora", não devo dizer jamais, "Posso fazer amanhã?"

A vontade do Senhor é soberana, e vem acompanhada de ricas promessas, de maravilhosas bênçãos, da certeza de vitórias e de felicidade.

O costume de acrescentar um ponto de interrogação em tudo nos faz viver cercado de incertezas, de frustrações, de possíveis derrotas. Quem crê aceita de imediato, caminha até de olhos fechados, enxerga o fruto antes de ser plantada a árvore. Com fé somos mais fortes, choramos menos, sorrimos mais, agradecemos com frequência, desfrutamos da alegria da vitória antes mesmo de a luta começar.

Troquemos o ponto de interrogação por um de exclamação e digamos sempre: "Obrigado, Senhor!" "Eis-me aqui, Senhor!"

Autor: Paulo Roberto Barbosa 

Postagens mais visitadas

Imagem

Vontade de Deus