Reclamar ou agradecer?


"Refreia a língua do mal e os lábios de falarem dolosamente" (Salmos 34:13).

"Eu penso, particularmente, que desenvolvemos o idioma pela profunda necessidade que temos de reclamar." (Jane Wagner - Escritora)

Não é diferente com os cristãos. Dizemos que cremos no Senhor, que nos alegramos em estar em Sua presença, que estamos prontos a fazer a Sua vontade, que aceitamos o que Ele tem para nós e assim por diante. Mas...no primeiro "não" de Deus, começamos a nos queixar, a murmurar, a dizer que Ele não se importa conosco e que nos abandonou.

Por que reagimos assim? Por que não somos pacientes e esperamos o tempo de Deus? Por que não aceitamos a Sua forma de responder aos nossos anseios? Por que reclamamos tanto?

Quando o nosso Pai diz "não", está correto. Ele sabe o que podemos ter, sabe como nos dar aquilo de que necessitamos, sabe a hora certa para nos conceder as Suas maravilhosas bênçãos. E a nós cabe o estar feliz e o dizer "obrigado".

Ele também diz "sim" muitas vezes. Ficamos muito felizes com isso, não somente porque nos respondeu favoravelmente, mas, porque nos deu sabedoria para pedir aquilo que deveríamos, realmente, pedir. Quando caminhamos sob a direção do Espírito do Senhor, Ele nos guia ao caminho certo, nos mostra o que podemos ter de melhor e nos faz compreender que Ele está nos conduzindo por sendas de felicidade.

Devemos desenvolver o nosso falar, não para murmurar por coisas insignificantes, mas para proclamar o Evangelho, para falar com o Pai em oração, para pedir ao Senhor a Sua direção em tudo, para agradecer a bênção de ter Jesus no coração.

Devemos parar de reclamar por qualquer coisa e começar a agradecer por tudo.

Autor: Paulo Roberto Barbosa

Postagens mais visitadas

Imagem

Produções gratuitas

Imagem

Rádio Evangelismo

Imagem

Vontade de Deus