Elogios ao lobo


"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de aborrecer-se de um e amar ao outro, ou se devotará a um e desprezará ao outro" (Mateus 6:24).

"Você pode dizer que as ovelhas estão em apuros quando o pastor começar a falar amavelmente do lobo!"

Eu gostaria de escrever a definição acima de outra forma: "Você pode dizer que está em apuros quando começar a falar amavelmente das coisas do mundo!" Não há vida espiritual que resista aos interesses mundanos. Não há bênçãos verdadeiras se tirarmos Jesus do coração para colocar em seu lugar os prazeres que o mundo oferece. Não encontraremos o caminho da felicidade se dispensarmos a presença do Caminho em nossas vidas.

O lobo não é amigo das ovelhas. O mundo não é amigo da vida pura de um cristão. Ou vivemos na presença do Senhor ou vivemos longe dele, desfrutando os prazeres mundanos, passageiros, enganosos. Com Deus somos sempre felizes e os prazeres que nos concede são bem melhores do que os oferecidos pelo mundo.

Se amamos ao Senhor Jesus, não amamos ao mundo. Se amamos ao mundo, mostramos que não amamos ao Senhor. Podemos enganar a muitos, mas, não conseguiremos enganar o Espírito Santo de Deus. No Senhor somos fortes e vitoriosos, no mundo somos fracos e derrotados. No Senhor exercitamos a fé, no mundo experimentamos frustrações e decepções. No Senhor a nossa alma se regozija, no mundo a angústia nos consome.

Somos ovelhas do Senhor e não devemos fazer amizades com o lobo. Queremos estar diante do altar do Senhor e não abraçados com o que não é do Senhor. Queremos ter vestes brancas e imaculadas e não desejamos sujá-las nas terras onde anda o lobo. Queremos olhar para o alto e dizer "eis-me aqui" e não queremos que o Senhor nos olhe, do alto, e veja que "não estamos aqui" -- no centro de Sua vontade.

Você tem elogiado o lobo ou procura viver bem longe dele?

Autor: Paulo Roberto Barbosa

Postagens mais visitadas

Imagem

Vontade de Deus