Ressentidos ou não?


"Filho meu, se o teu coração for sábio, alegrar-se-á também o meu" (Provérbios 23:15).

Em uma certa caricatura:
- Primeiro: Você crê que nossa moralidade é definida por nossas ações ou porque está em nossos corações?
- Segundo: Eu creio que nossas ações mostram o que está em nossos corações.
(Durante algum tempo o Primeiro reflete)
- Primeiro: Eu fico ressentido com isso.

O que nossas ações têm mostrado no ambiente em que vivemos? De que tem estado cheio os nossos corações? Como tem andado a nossa moralidade? O que a nossa vida espiritual tem sentido ao constatar o tipo de atitudes que o nosso coração tem produzido?

Quem tem Jesus no coração, tem prazer em falar das coisas do Senhor, de caminhar de maneira digna ao Seu lado, de ouvir Sua voz através de Sua Palavra, de falar com Ele a todo momento, de buscar Sua direção em todas as decisões a tomar, de mostrar brilho em todas as suas atitudes.

Se Cristo está em nossos corações, tudo o que fazemos mostra a Sua presença em nós. A nossa vida é plena de alegria e todos os comentários que fazem a nosso respeito nos agradam e nos edificam. Jamais ficaremos ressentidos, mesmo que nos "acusem" de ter o coração cheio de fé e amor, de pureza e santidade, de amor e esperança.

Nossas atitudes serão agradáveis, porque mostrarão o que existe em nosso interior. Nossas palavras serão abençoadas, nossas mãos serão amorosas, nossos pés serão formosos porque levarão salvação, nossos sorrisos motivarão os mais desanimados, as nossas orações transformarão vidas e lares.

O que existe em seu coração? Se não for o Senhor Jesus, convide-o agora mesmo para entrar.

Autor: Paulo Roberto Barbosa

Postagens mais visitadas

Imagem

Vontade de Deus